AUTISMO EM GOIÂNIA

Seguidores

PALAVRAS DA FONOAUDIÓLOGA E MÃE MARILUCE

Eu não vou mudar meu filho porque é autista; eu prefiro mudar o mundo, e fazer um mundo melhor; pois é mais fácil meu filho entender o mundo, do que o mundo entender meu filho.

ESTOU SEMPRE NA BUSCA DE CONHECIMENTOS PARA AJUDAR MEU FILHO E PACIENTES. NÃO SOU ADEPTA DE NENHUM MÉTODO ESPECÍFICO, POIS PREFIRO ACREDITAR NOS SINAIS QUE CADA CRIANÇA DEMONSTRA. O MAIS IMPORTANTE É DEIXÁ-LOS SEREM CRIANÇAS, ACEITAR E AMAR O JEITO DIFERENTE DE SER DE CADA UM, POIS AFINAL; CADA CASO É UM CASO E PRECISAMOS RESPEITAR ESSAS DIFERENÇAS. COMPARAÇÃO? NÃO FAÇO NENHUMA. ISSO É SOFRIMENTO. MEU FILHO É ÚNICO, ASSIM COMO CADA PACIENTE.
SEMPRE REPASSO PARA OS PAIS - INFORMAÇÕES, ESTRATÉGIAS, ACOMODAÇÕES E PEÇO GENTILMENTE QUE "ESTUDEM" E NÃO FIQUEM SE LUDIBRIANDO COM "ESTÓRIAS" FANTASIOSAS DA INTERNET. PREFIRO VIVER O DIA APÓS DIA COM A CERTEZA DE QUE FAÇO O MELHOR PARA MEU FILHO E PACIENTES E QUE POSSO CONTAR COM OS MELHORES TERAPEUTAS - OS PAIS.

Por Mariluce Caetano Barbosa




COMO DEVO LIDAR COM MEU FILHO AUTISTA?

Comece por você, se reeduque, pois daqui pra frente seu mundo será totalmente diferente de tudo o que conheceu até agora. Se reeducar quer dizer: fale pouco, frases curtas e claras; aprenda a gostar de musicas que antes não ouviria; aprenda a ceder, sem se entregar; esqueça os preconceitos, seus ou dos outros, transcenda a coisas tão pequenas. Aprenda a ouvir sem que seja necessário palavras; aprenda a dar carinho sem esperar reciprocidade; aprenda a enxergar beleza onde ninguém vê coisa alguma; aprenda a valorizar os mínimos gestos. Aprenda a ser tradutora desse mundo tão caótico para ele, e você também terá de aprender a traduzir sentimentos, um exemplo disso: "nossa, meu filho tá tão agressivo", tradução: ele se sente frustrado e não sabe lidar com isso, ou está triste, ou apenas não sabe te dizer que ele não quer mais te ver chorando por ele.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

TDAH (SDA) x TEA

Etiologia e Sintomas
A etiologia da Síndrome do Déficit de Atenção, abrange alterações neurológicas facilmente confundidas com distúrbios emocionais específicos e autismo.
Entre as alterações neurológicas ligadas à Síndrome do Déficit de Atenção ( SDA ), pode-se destacar a imaturidade neurológica difusa e a perturbação quanto aos neurotransmissores químicos.
Todos os estímulos que a todo momento "bombardeiam" nosso cérebro, passam pela formação Reticular ( área localizada no tronco Cerebral ), esta determina os estímulos que irão tornar-se conscientes, atingindo assim o Córtex.
Na formação Reticular existe um agregado de neurônios ,separados por uma rede de fibras nervosas que ocupam a parte central do Tronco Cerebral. Nesta área existe um grande número de núcleos ricos em neurotransmissores destacando-se as monoaminas como serotonina, noradrenalina, dopamina.
Entre as funções da Formação Reticular, pode-se destacar o controle da atividade elétrica cortical, Sono e Vigília; controle eferente da sensibilidade ; controle da motricidade somática ; controle do sistema Nervoso autônomo ; controle neuro-endócrino ; integração de reflexos, centro respiratório e vasomotor.
A integridade das funções de tal área depende da maturação do Sistema Nervoso Central, consequentemente também da estimulação a qual a criança é submetida. Quando esta maturação está atrasada, a criança apresenta a desatenção, que é o principal sintoma desta Síndrome.
Outros Sintomas que constituem o quadro da SDA são: a hiperatividade, a incoordenação motora e falta de equilíbrio, distúrbios de fala, alterações de sensibilidade, distúrbios de comportamento e dificuldades escolares, que serão discutidos a seguir.
4-Sintomas
Hiperatividade - é uma atividade motora intensa, composta por movimentos involuntários, associados aos movimentos voluntários, os quais a criança não consegue controlar. Muitas vezes essa movimentação intensa é acompanhada por hiperatividade verbal ou ideativa . A criança com hiperatividade possui assim, um aumento na atividade motora. Um exemplo disso, seria quando colocamos uma criança com hiperatividade em frente a um aparelho de televisão; com freqüência mantém-se inquieta, movimenta-se constantemente, distrai-se facilmente . A hiperatividade presente na vida motora da criança, também está presente na sua atividade cognitiva, a mesma não consegue concentrar-se e distrai-se facilmente com vários estímulos os quais é submetida . Incoordenação Motora e Falta de Equilíbrio - são funções dependentes da maturação do Cerebelo. Como esta maturação não está presente na maioria das crianças portadoras da Síndrome do Déficit de Atenção, elas possuem uma incoordenação motora e falta de equilíbrio, sendo crianças caracterizadas pelos pais como "estabanadas", derrubam objetos, caem com maior freqüência . Sensibilidade - ocorre devido o atraso na maturação das áreas do cérebro que comandam as noções de esquema corporal e praxias. As crianças com SDA possuem uma certa dificuldade gnósicas ( como de localização corporal ) e alteração de sensibilidade. Sendo assim, essas crianças ao sofrerem algum tipo de ferimento demoram mais para percebe-lo, e na maioria das vezes nem sabem como ocorreu . São crianças mais expostas a situações de risco por não possuírem exata consciência de perigo.
Distúrbios da fala - freqüentemente são encontrados atraso na aquisição e desenvolvimento da linguagem, fato que pode ocorrer devido à dificuldade de atenção e à lentidão em ultrapassar as etapas do desenvolvimento da linguagem oral.
Ocorrem também, com freqüência, alterações fonemicas sistemáticas ( como omissões; substituições ), devido a imaturidade dos mecanismos articulatórios . Os distúrbios de ritmo também são encontrados, como a taquilalia. Podem ocorrer também a gagueira ou o clutter( variações na aceleração da fala, algumas vezes com caracter de jargão, sugestivo a dificuldade na elaboração da linguagem e mecanismos articulatórios. Tais alterações são difíceis de serem reconhecidas como um problema primário ou efeito de um problema emocional, associado a um quadro inicial de SDA.
Distúrbios de comportamento - A criança com SDA, pode possuir maior tendência em apresentar problemas emocionais, pois devido sua hiperatividade e todo o seu quadro sintomático pode a vir a gerar alguma alteração de comportamento.
São crianças tidas como "desligadas", "inquietas", "desajeitadas", sendo na maioria das vezes rejeitadas pela sociedade. Muitas vezes, os próprios pais não sabendo como lidar com o " temperamento difícil da criança", acabam tornando-se displicentes.
Devido a rejeição a qual é submetida, a criança pode desenvolver quadros de introversão e agressão variados.
Inteligência
Não existem dados que comprovem que a inteligência da criança com SDA não seja normal, exceto quando existir associação de outros distúrbios neurológicos.
Distúrbio de aprendizagem : A aprendizagem da criança com SDA é bastante prejudicada devido a dificuldade de concentração.
Durante a idade escolar, a criança é considerada como diferente, indisciplinada , já que costuma manter-se agitada o tempo inteiro, distrai-se com facilidade pela existência de inúmeros estímulos . Portanto, as crianças com SDA são "crianças problemas" na escola, com muita dificuldade na aprendizagem, principalmente devido às alterações de atenção e conseqüentemente concentração.
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Grande parte das queixas relatadas na clnica fonoaudiolgica referem-se problemas de aprendizagem e/ou atraso no desenvolvimento e aquisio da linguagem. Muitas vezes essas queixas associadas outros sintomas constituem um quadro mais complexo, a Sndrome do Dficit de Ateno.
AUTISMO-BR.COM.BR

Postar um comentário

NOSSO JORNAL

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!
PROGRAMA ESTRUTURADO, INDIVIDUALIZADO. ATENDIMENTO DOMICILIAR.

Postagens populares

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget

GOOGLE ANALÍTICO