AUTISMO EM GOIÂNIA

Seguidores

PALAVRAS DA FONOAUDIÓLOGA E MÃE MARILUCE

Eu não vou mudar meu filho porque é autista; eu prefiro mudar o mundo, e fazer um mundo melhor; pois é mais fácil meu filho entender o mundo, do que o mundo entender meu filho.

ESTOU SEMPRE NA BUSCA DE CONHECIMENTOS PARA AJUDAR MEU FILHO E PACIENTES. NÃO SOU ADEPTA DE NENHUM MÉTODO ESPECÍFICO, POIS PREFIRO ACREDITAR NOS SINAIS QUE CADA CRIANÇA DEMONSTRA. O MAIS IMPORTANTE É DEIXÁ-LOS SEREM CRIANÇAS, ACEITAR E AMAR O JEITO DIFERENTE DE SER DE CADA UM, POIS AFINAL; CADA CASO É UM CASO E PRECISAMOS RESPEITAR ESSAS DIFERENÇAS. COMPARAÇÃO? NÃO FAÇO NENHUMA. ISSO É SOFRIMENTO. MEU FILHO É ÚNICO, ASSIM COMO CADA PACIENTE.
SEMPRE REPASSO PARA OS PAIS - INFORMAÇÕES, ESTRATÉGIAS, ACOMODAÇÕES E PEÇO GENTILMENTE QUE "ESTUDEM" E NÃO FIQUEM SE LUDIBRIANDO COM "ESTÓRIAS" FANTASIOSAS DA INTERNET. PREFIRO VIVER O DIA APÓS DIA COM A CERTEZA DE QUE FAÇO O MELHOR PARA MEU FILHO E PACIENTES E QUE POSSO CONTAR COM OS MELHORES TERAPEUTAS - OS PAIS.

Por Mariluce Caetano Barbosa




COMO DEVO LIDAR COM MEU FILHO AUTISTA?

Comece por você, se reeduque, pois daqui pra frente seu mundo será totalmente diferente de tudo o que conheceu até agora. Se reeducar quer dizer: fale pouco, frases curtas e claras; aprenda a gostar de musicas que antes não ouviria; aprenda a ceder, sem se entregar; esqueça os preconceitos, seus ou dos outros, transcenda a coisas tão pequenas. Aprenda a ouvir sem que seja necessário palavras; aprenda a dar carinho sem esperar reciprocidade; aprenda a enxergar beleza onde ninguém vê coisa alguma; aprenda a valorizar os mínimos gestos. Aprenda a ser tradutora desse mundo tão caótico para ele, e você também terá de aprender a traduzir sentimentos, um exemplo disso: "nossa, meu filho tá tão agressivo", tradução: ele se sente frustrado e não sabe lidar com isso, ou está triste, ou apenas não sabe te dizer que ele não quer mais te ver chorando por ele.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O uso de Argilas para a recuperação metabólica

Por Claudia Marcelino.
Há uns três anos algumas vezes discutimos no grupo Autismo Esperança, sobre o uso de argilas via oral como ferramenta de ajuda no tratamento metabólico.
A argila é usada a milhares de anos por tribos indígenas como os astecas, por egípicios e essênios como uma ferramenta poderosa de cura.

As argilas devem ser usadas por um período mínimo de 6 meses a um ano para promover o que se propôe.

Por favor, não vão comprando qualquer argila que vêem por aí! Tem que ser argila para uso interno, vulcânica e de origem garantida!

Deixo aqui um resumo do que já pesquisei:


Todas as argilas de qualquer cor, verde, vermelha, branca, produzem detox,
uma faxina de toxinas no organismo de metais pesados, pcb's, plásticos, agrotóxicos e tudo mais. 

As argilas são de origem vulcânica e sedimentária.
A vulcânica é a mais recomendada e pode ser usada pela vida toda.
A sedimentária não é indicada por ser de origem cumulativa, portanto não é garantia de ser limpa.
Mesmo assim ela é recomendada em alguns casos e situações específicas durante tempo determinado.
Existe uma argila sedimentária originária de depósitos de um rio no Arizona e que foi testada pela NASA.
Ela é utilizada por astronautas como a alternativa mais eficiente pra perda de cálcio provocada pela falta de gravidade e reverte osteoporose em qualquer nível.
Tem indicações também para casos de aids e câncer.

Bentonite e montimorinolite são a mesma coisa, a diferença está na origem.
Uma é originária dos EUA, a outra da França.
Os termos smectite e ilite diz respeito a forma física da argila.
A smectite absorve água e espande formando um magma, um creme ou lama.
A ilite não absorve água.
A Argiletz é ilite.
A eficácia das duas difere por opiniões de terapeutas.
Uns dizem que a smectite é muito mais eficiente porque expande e absorve mais toxinas.
Outros acham que a ilite pra uso interno é melhor e mais prática.
Talvez o raciocínio com a smectite seja mais correto.
Pois o mecanismo como a argila mata bactérias e absorve toxinas é por ions.
A argila tem ions negativos.
As toxinas e bactérias tem ions positivos.
Ela atrai as toxinas como um imã tornando-as inativas e espelindo-as através das fezes.
É muito importante beber muita água por isso.
Como ela expande, a área é maior e mais toxinas são absorvidas. Parece lógico.

A verde faz faxina e é antimicrobiana.
A vermelha faz faxina e é mais eficiente em reposição de minerais lá onde começa a absorvição e troca: no intestino.
Por isso é interessante utilizar as duas.

Além da faxina, as argilas são boas como suplemento nutricional,
equilíbrio do sistema imunológico,
recuperação de alergias,
eliminação de radicais livres,
regulação dos movimentos peristáuticos e outras coisinhas mais.
Por tudo isso, parece ser uma ótima opção de tratamento para autistas.


Principais Benefícios das argilas para uso interno:

• Para auxiliar na remoção de substâncias tóxicas no sistema digestivo, tanto químicas quanto patológicas;
​​

Intoxicação alimentar ou bacteriana, toxicidade orgânica e inorgânica;

• Para limpar o cólon e promover o equilíbrio bacteriano adequado nos intestinos;

 
• Para iniciar o processo de desintoxicação do fígado;

• Para estimular a função do fígado;

• Como parte dos programas de desintoxicação para promover a boa saúde;

• Crítico para apoiar o tratamento externo com argila (PELOTHERAPY);

• Remoção de metais pesados



• Aliada a tratamentos especiais a longo prazo, para aumentar a contagem de células T e aumentar o oxigênio na corrente sanguínea com:


- Redução de danos dos radicais livres;
- Melhoria da função do sistema imunológico
- Melhoria da respiração celular

• Melhoria da eficiência digestiva;

 
• Reduzir sensibilidades a alimentos (as chamadas "alergias desenvolvidas");

• Estimular a cura através do reforço metabólico constitucional.



Contra-indicações:

• Bentonite e argilas não devem ser tomadas concomitantemente com medicamentos prescritos sem muito cuidado ou supervisão médica.

• Bentonite e argilas utilizadas internamente em conjunto com medicamentos à base de plantas ou programas fitoterápicos podem diminuir os efeitos de medicamentos sem a administração cuidadosa.

• Bentonite e argilas não devem ser usadas internamente por pessoas hipertensas, sem a devida supervisão e tratamento de suporte;

• Bentonite e argilas não devem ser usadas por pessoas com uma intolerância a ferro diagnosticada clinicamente (uma condição rara) sem ver uma análise laboratorial da argila usada ou monitoramento de amostra de sangue.



Algumas Notas sobre Uso Interno de argila:

Ação da argila, à medida que passa através do estômago:

- Reduz ou elimina doenças como refluxo ácido;

- Cobre o revestimento da parede do estômago, ajudando a curar úlceras;

- Neutraliza qualquer excesso de acidez que existe atualmente no estômago (quase instantaneamente);

- Absorve substâncias tóxicas e transporta-as através do trato digestivo prontamente restaurando o estômago a um estado de equilíbrio natural.

Ação da argila, à medida que passa através do intestino delgado:

- Ajuda a eliminar qualquer população bacteriana naturalmente resultante de parte da produção de muco em excesso;

- Temporariamente cobre a mucosa do intestino delgado, que promove a cura de qualquer tecido danificado e pode resultar na redução da produção de muco em excesso;

-  Partículas de argila com carga negativa muito provavelmente aderem a superfície de tecidos danificados por longos períodos de tempo, protegendo esses tecidos e permitindo-lhes começar a se recuperar;

- Neutraliza e transporta substâncias tóxicas;

- Atua como um catalisador estimulando a produção de enzimas e resulta em maior absorção de nutrientes.

Ação da argila, à medida que passa através do cólon: 

• Ajuda a regular as populações bacterianas;

• Reduz a inflamação do intestino devido a ulcerações ou irritação;

• Absorve as substâncias tóxicas.


Mais informações no link: http://www.eytonsearth.org/general-uses-clay.php
 
 
 
Postar um comentário

NOSSO JORNAL

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!
PROGRAMA ESTRUTURADO, INDIVIDUALIZADO. ATENDIMENTO DOMICILIAR.

Postagens populares

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget

GOOGLE ANALÍTICO