AUTISMO EM GOIÂNIA

Seguidores

PALAVRAS DA FONOAUDIÓLOGA E MÃE MARILUCE

Eu não vou mudar meu filho porque é autista; eu prefiro mudar o mundo, e fazer um mundo melhor; pois é mais fácil meu filho entender o mundo, do que o mundo entender meu filho.

ESTOU SEMPRE NA BUSCA DE CONHECIMENTOS PARA AJUDAR MEU FILHO E PACIENTES. NÃO SOU ADEPTA DE NENHUM MÉTODO ESPECÍFICO, POIS PREFIRO ACREDITAR NOS SINAIS QUE CADA CRIANÇA DEMONSTRA. O MAIS IMPORTANTE É DEIXÁ-LOS SEREM CRIANÇAS, ACEITAR E AMAR O JEITO DIFERENTE DE SER DE CADA UM, POIS AFINAL; CADA CASO É UM CASO E PRECISAMOS RESPEITAR ESSAS DIFERENÇAS. COMPARAÇÃO? NÃO FAÇO NENHUMA. ISSO É SOFRIMENTO. MEU FILHO É ÚNICO, ASSIM COMO CADA PACIENTE.
SEMPRE REPASSO PARA OS PAIS - INFORMAÇÕES, ESTRATÉGIAS, ACOMODAÇÕES E PEÇO GENTILMENTE QUE "ESTUDEM" E NÃO FIQUEM SE LUDIBRIANDO COM "ESTÓRIAS" FANTASIOSAS DA INTERNET. PREFIRO VIVER O DIA APÓS DIA COM A CERTEZA DE QUE FAÇO O MELHOR PARA MEU FILHO E PACIENTES E QUE POSSO CONTAR COM OS MELHORES TERAPEUTAS - OS PAIS.

Por Mariluce Caetano Barbosa




COMO DEVO LIDAR COM MEU FILHO AUTISTA?

Comece por você, se reeduque, pois daqui pra frente seu mundo será totalmente diferente de tudo o que conheceu até agora. Se reeducar quer dizer: fale pouco, frases curtas e claras; aprenda a gostar de musicas que antes não ouviria; aprenda a ceder, sem se entregar; esqueça os preconceitos, seus ou dos outros, transcenda a coisas tão pequenas. Aprenda a ouvir sem que seja necessário palavras; aprenda a dar carinho sem esperar reciprocidade; aprenda a enxergar beleza onde ninguém vê coisa alguma; aprenda a valorizar os mínimos gestos. Aprenda a ser tradutora desse mundo tão caótico para ele, e você também terá de aprender a traduzir sentimentos, um exemplo disso: "nossa, meu filho tá tão agressivo", tradução: ele se sente frustrado e não sabe lidar com isso, ou está triste, ou apenas não sabe te dizer que ele não quer mais te ver chorando por ele.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Como Estimular a Fala do Bebê - parte I,II e III

Como Estimular a Fala do Bebê - parte 1


 Nesta nova série, vamos abordar alguns exercícios que podem  ajudar na aquisição da fala. Todas as atividades serão embasadas na recente pesquisa científica, incluindo também algumas propostas de Glenn Doman.

A atividade abaixo foi retirada do livro 125 Brincadeiras para Estimular o Cérebro do seu Bebê, que, infelizmente, não é mais editado.

Formiga no Pé

  1. Cante ou recite os seguintes versinhos:
Fui ao mercado comprar café (limão/jerimum/giz)
E uma formiguinha subiu no meu pé, (mão, bumbum, nariz)
Eu sacudi, sacudi, sacudi,
E a formiguinha caiu aqui.

2. Toque o pé, mão, bumbum, nariz do bebê, ao dizer as palavras.
3. Depois repita com outros nomes.
4. Essa é uma experiência maravilhosa de linguagem.

O que diz a pesquisa cerebral

Uma criança com quem conversam com frequência e sensibilidade, tem maiores chances de desenvolver uma linguagem complexa mais cedo.
É de suma importância recitar versinhos, pois as rimas e repetições de palavras, bem como a musicalidade inerente aos versos, fazem com que o cérebro do bebê registre as informações linguísticas de modo privilegiado. 


Como Estimular a Fala do Bebê - Parte 2



Dicas de Glenn  e Janet Doman:

Faça Isso

1) Sempre preste atenção aos sons que o bebê faz;
2) Olhe-o, enquanto ele fala;
3) Responda ao que o bebê está dizendo;
4) Receba com entusiasmo cada esforço que ele  faz para falar;
5) Atribua significado àqueles sons específicos que ele diz repetidamente (por ex., se ele diz com frequencia o som "mo", atribua a esse som o significado "mamãe". Toda vez que ele pronunciar "mo", atenda como se ele estivesse chamando por você: "Que foi? Chamou a mamãe? A mamãe tá aqui"). Atribua significado a outros sons que o bebê costuma repetir;


Não Faça Isso

1) Não fale "tatibitate" com o bebê;
2) Não ignore o bebê;
3) Não deixe de responder aos seus sons;
4) Não imite nem faça gracejos com os sons que ele faz ( OBS: muitos cientistas discordam, e recomendam que os pais imitem os sons do bebê. Eu imitava os sons que meus bebês faziam. Terá de decidir o que achar melhor para seu bebê.);
5) Não corrija a pronúncia dele;
6) Não tente forçá-lo a responder


Exercícios para Estimular a Fala do Bebê (3)


Conversar, conversar, conversar

Conversar com a criança desenvolve sua capacidade de expressão verbal. Converse sobre o que está fazendo, converse durante as refeições. Enquanto dá banho no bebê,  nomeie as partes do corpinho dele. Enquanto passeia, fale sobre as coisas que vêem. Ou converse sobre algum assunto que interesse ao bebê, como um brinquedo, os avós, ou um bichinho de estimação.

O que diz a pesquisa cerebral

O tamanho do vocabulário de uma criança de dois anos está intimamente relacionado a quanto um adulto conversa com ela. Aos 20 meses, as crianças de mães conversadeiras têm em média 131 palavras a mais do que crianças de mães mais caladas. Aos dois anos, a diferença mais que dobra, chegando a 300 palavras.

Nota: se você conversa bastante com seu filho, mas acha que ele apresenta atraso na fala, procure orientação de uma fonoaudióloga especializada em atendimento infantil. Mas lembre-se de que é importante procurar um excelente profissional. Converse com o seu médico a respeito.



Postar um comentário

NOSSO JORNAL

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!
PROGRAMA ESTRUTURADO, INDIVIDUALIZADO. ATENDIMENTO DOMICILIAR.

Postagens populares

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget

GOOGLE ANALÍTICO