AUTISMO EM GOIÂNIA

Seguidores

PALAVRAS DA FONOAUDIÓLOGA E MÃE MARILUCE

Eu não vou mudar meu filho porque é autista; eu prefiro mudar o mundo, e fazer um mundo melhor; pois é mais fácil meu filho entender o mundo, do que o mundo entender meu filho.

ESTOU SEMPRE NA BUSCA DE CONHECIMENTOS PARA AJUDAR MEU FILHO E PACIENTES. NÃO SOU ADEPTA DE NENHUM MÉTODO ESPECÍFICO, POIS PREFIRO ACREDITAR NOS SINAIS QUE CADA CRIANÇA DEMONSTRA. O MAIS IMPORTANTE É DEIXÁ-LOS SEREM CRIANÇAS, ACEITAR E AMAR O JEITO DIFERENTE DE SER DE CADA UM, POIS AFINAL; CADA CASO É UM CASO E PRECISAMOS RESPEITAR ESSAS DIFERENÇAS. COMPARAÇÃO? NÃO FAÇO NENHUMA. ISSO É SOFRIMENTO. MEU FILHO É ÚNICO, ASSIM COMO CADA PACIENTE.
SEMPRE REPASSO PARA OS PAIS - INFORMAÇÕES, ESTRATÉGIAS, ACOMODAÇÕES E PEÇO GENTILMENTE QUE "ESTUDEM" E NÃO FIQUEM SE LUDIBRIANDO COM "ESTÓRIAS" FANTASIOSAS DA INTERNET. PREFIRO VIVER O DIA APÓS DIA COM A CERTEZA DE QUE FAÇO O MELHOR PARA MEU FILHO E PACIENTES E QUE POSSO CONTAR COM OS MELHORES TERAPEUTAS - OS PAIS.

Por Mariluce Caetano Barbosa




COMO DEVO LIDAR COM MEU FILHO AUTISTA?

Comece por você, se reeduque, pois daqui pra frente seu mundo será totalmente diferente de tudo o que conheceu até agora. Se reeducar quer dizer: fale pouco, frases curtas e claras; aprenda a gostar de musicas que antes não ouviria; aprenda a ceder, sem se entregar; esqueça os preconceitos, seus ou dos outros, transcenda a coisas tão pequenas. Aprenda a ouvir sem que seja necessário palavras; aprenda a dar carinho sem esperar reciprocidade; aprenda a enxergar beleza onde ninguém vê coisa alguma; aprenda a valorizar os mínimos gestos. Aprenda a ser tradutora desse mundo tão caótico para ele, e você também terá de aprender a traduzir sentimentos, um exemplo disso: "nossa, meu filho tá tão agressivo", tradução: ele se sente frustrado e não sabe lidar com isso, ou está triste, ou apenas não sabe te dizer que ele não quer mais te ver chorando por ele.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

INDUÇÃO DE ACERTO - MÃO SOBRE MÃO


http://www.umavozparaoautismo.blogspot.com.br/2011/09/inducao-de-acerto.html

Indução de acerto (no inglês:Prompt)
Este é um texto explicativo, entregue (e ignorado) a escola do Pedro. O princípio é de base na Análise do Comportamento, este mesmo princípio é incorporado pelo RDI - Relationship Developmental Intervention; mas não pelos Froidianos brasileiros, infelizmente o entendimento de desenvolvimento atípico ainda tem muito o que caminhar na minha cidade, o pior que não ter informação, é ter desinformação!

Para manter o Pedro engajado na rotina escolar e suas tarefas é impressindível que ele sinta sucesso na execução dessas tarefas e rotinas.

A indução de acerto ou prompt é uma sugestão ou ajuda para estimular a resposta desejada de um indivíduo.

Prompts são frequentemente classificados em uma hierarquia de comando das mais intrusivas a menos intrusiva.



Tipos de indução de acerto



Prompt Verbal: Utilizando uma vocalização para indicar a resposta desejada. (Não confundir prompt com comando – se a professor diz “Venham todos para a fila” é um comando, se a auxiliar diz “Pedro, você tem que fazer fila” é prompt). Este pode ser considerado o mais invasivo pois é o mais difícil de ser retirado. É importante ressaltar que não queremos criar dependência do prompt (seja ele verbal ou qualquer outro) pois isso não incentiva a independência, pelo contrário, gera a dependência de dizerem o que a pessoa deve fazer.

Prompt Físico: Fisicamente manipular o indivíduo a produzir a resposta desejada. Há muitos graus de prompt físico. O mais intrusivo é o mão-sobre-mão, e menos intrusivo é um leve toque para iniciar o movimento de execução da tarefa. Neste caso, utilizamos o copro da pessoa para esinar a resposta (comportamento) que desejamos. Utilizar o corpo e movimento como meio de aprendizado é útil para qualquer pessoa, e sobretudo para pessoas com dificuldade de processamento sensorial, apraxia, tônus muscular, planejamento motor, etc.

Prompt de Modelagem: Modele a resposta desejada para o aluno. Este tipo de linha é mais adequada para os indivíduos que aprendem através da imitação e podem assistir a um modelo.


Prompt Visual: Um sinal visual ou imagem.

Prompt Gestual: Utilizando um gesto físico para indicar a resposta desejada. O mais intrusivo nesta categoria seria um gesto completo, o menos intrusivo uma expressão facial.


Prompt Posicional: Organizar os materiais de forma a facilitar o acerto.




Pede-se a extinção do prompt o mais rápido possível, de forma sistemática e assim evitar a dependência de prompt. A meta do ensino usando prompt é estabelecer a independência na execução das tarefas.

Independência

Como a independência é um dos objetivos da educação do Pedro é de extrema importância que os commandos gerais sejam passados pela professor de classe, isto, além de treiná-lo a ser independente, ajudará a desenvolver o conceito de fazer parte do grupo.

O trabalho da professor de apoio é redirecionar a atençao do Pedro ao que está sendo ensinado ou proposto para a sala e auxilia-lo a executar as tarefas utilizando a hierarquia deprompt extinguindo a sua ajuda o mais breve possível.

Quanto menos a professora de apoio tiver que intervir, melhor estará sendo executado o trabalho de apoio ao desenvolvimento do Pedro.

O vídeo abaixo é um exemplo de diferentes tipos de prompt como apoio para o aprendizado da fala, neste caso, o Luís não tem dificuldade de pronunciar palavras, apesar do autismo, ele sempre foi um "papagaio", ele tinha era dificuldade de dar o significado às palavras e à comunicação (semântica pragmática); o foco era o ensino da língua portuguesa, começando pelas cores.

Postar um comentário

NOSSO JORNAL

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!
PROGRAMA ESTRUTURADO, INDIVIDUALIZADO. ATENDIMENTO DOMICILIAR.

Postagens populares

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget

GOOGLE ANALÍTICO