AUTISMO EM GOIÂNIA

Seguidores

PALAVRAS DA FONOAUDIÓLOGA E MÃE MARILUCE

Eu não vou mudar meu filho porque é autista; eu prefiro mudar o mundo, e fazer um mundo melhor; pois é mais fácil meu filho entender o mundo, do que o mundo entender meu filho.

ESTOU SEMPRE NA BUSCA DE CONHECIMENTOS PARA AJUDAR MEU FILHO E PACIENTES. NÃO SOU ADEPTA DE NENHUM MÉTODO ESPECÍFICO, POIS PREFIRO ACREDITAR NOS SINAIS QUE CADA CRIANÇA DEMONSTRA. O MAIS IMPORTANTE É DEIXÁ-LOS SEREM CRIANÇAS, ACEITAR E AMAR O JEITO DIFERENTE DE SER DE CADA UM, POIS AFINAL; CADA CASO É UM CASO E PRECISAMOS RESPEITAR ESSAS DIFERENÇAS. COMPARAÇÃO? NÃO FAÇO NENHUMA. ISSO É SOFRIMENTO. MEU FILHO É ÚNICO, ASSIM COMO CADA PACIENTE.
SEMPRE REPASSO PARA OS PAIS - INFORMAÇÕES, ESTRATÉGIAS, ACOMODAÇÕES E PEÇO GENTILMENTE QUE "ESTUDEM" E NÃO FIQUEM SE LUDIBRIANDO COM "ESTÓRIAS" FANTASIOSAS DA INTERNET. PREFIRO VIVER O DIA APÓS DIA COM A CERTEZA DE QUE FAÇO O MELHOR PARA MEU FILHO E PACIENTES E QUE POSSO CONTAR COM OS MELHORES TERAPEUTAS - OS PAIS.

Por Mariluce Caetano Barbosa




COMO DEVO LIDAR COM MEU FILHO AUTISTA?

Comece por você, se reeduque, pois daqui pra frente seu mundo será totalmente diferente de tudo o que conheceu até agora. Se reeducar quer dizer: fale pouco, frases curtas e claras; aprenda a gostar de musicas que antes não ouviria; aprenda a ceder, sem se entregar; esqueça os preconceitos, seus ou dos outros, transcenda a coisas tão pequenas. Aprenda a ouvir sem que seja necessário palavras; aprenda a dar carinho sem esperar reciprocidade; aprenda a enxergar beleza onde ninguém vê coisa alguma; aprenda a valorizar os mínimos gestos. Aprenda a ser tradutora desse mundo tão caótico para ele, e você também terá de aprender a traduzir sentimentos, um exemplo disso: "nossa, meu filho tá tão agressivo", tradução: ele se sente frustrado e não sabe lidar com isso, ou está triste, ou apenas não sabe te dizer que ele não quer mais te ver chorando por ele.

sábado, 8 de setembro de 2012

PVC e Reabilitação Física



O projeto "MOBILIÁRIOS ADAPTADOS EM PVC - TUBOS E CONEXÕES", nasceu na disciplina de Tecnolgia Assistiva do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade Católica Dom Bosco - Campo Grande/MS, ministrado pela TERAPEUTA OCUPACIONALGrace Claudia Gasparini, no ano de 2005.
O projeto surgiu da necessidade de encontrar equipamentos adaptados de baixo custo para a manutenção da postura sentada e de pé, independência na higiene, alimentação e locomoção de pacientes com disfunção neuromotora, principalmente da população carente e necessitada desses recursos.”
Os equipamentos confeccionados em PVC (tubos e conexões) são inovadores na área de reabilitação física/neurológica e vêm contribuir na complementação desses serviços, proporcionando um melhor posicionamento dentro de padrões motores mais normalizados aos pacientes que apresentam algum tipo de disfunção neuromotora.
Até o momento, foram desenvolvidos:

                                                          
Cadeira Para Vaso Sanitário Infantil: para favorecer a independência de crianças, sem controle de
tronco, no uso do vaso sanitário.




Mesa Regulável: utilizada tanto no contexto escolar como domiciliar por pacientes que assumem a postura sentada e que necessitam realizar alguma atividade funcional em mesa.








Cadeira 90° com Fio Plástico e Bandeja: indicada para manter a postura sentada, podendo ser adicionada a ela almofadas de espuma para adequação postural. 










Cadeira 90° com Encosto, Assento e Bandeja em MDF: idem a anterior, porém para aquelas crianças que necessitam de um suporte mais estável.










Banco Rolo Com Mesa: indicado para manter a postura sentada em crianças que apresentam forte adução dos membros inferiores;









Motoca Para Banho Com Apoio Dorsal: para facilitar a atividade do banho em crianças que não assumem a postura ortostática e não apresentam total controle de tronco.







Motoca Para Banho Sem Apoio Dorsal: para facilitar a atividade do banho em crianças que não assumem a postura ortostática e que apresentam bom controle de tronco.








Cantinho de Chão Com Mesa Regulável: para bebês que estão iniciando a postura sentada. 


Estabilizador para a Postura de Pé: para manter postura ortostática em total verticalidade.





Stand Inclinado: para crianças graves com pobre controle cervical, incapazes de assumirem a postura ortostática.






Engatinhador: para estimular o engatinhar em crianças que se encontram nesta fase.






Suporte Para Vaso Sanitário: para adultos e idosos com dificuldades no aparelho locomotor.





Cadeira Inclinada Para Banho Com Pés: indicada para crianças com quadro motor grave que não conseguem assumir postura sentada. Os pés aumentam a altura facilitando o manuseio da criança pelo cuidador.









Cristina Antunes de Almeida - Terapeuta Ocupacional

Curso Mobiliário Adaptado em PVC - FGV Ctba/PR
Curso Mobiliário Adaptado em PVC - FGV Ctba/PR
Cadeira de banho         
Postar um comentário

NOSSO JORNAL

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!

ESSE É O NOSSO DIFERENCIAL!
PROGRAMA ESTRUTURADO, INDIVIDUALIZADO. ATENDIMENTO DOMICILIAR.

Postagens populares

Minha lista de blogs

Ocorreu um erro neste gadget

GOOGLE ANALÍTICO